às 14:57:00

Conheça a Liga Acadêmica de Neurociências na Saúde

A Liga Acadêmica de Neurociências na Saúde (LANCS), iniciou suas atividades em maio de 2020 com a proposta de desenvolvimento do ensino na área de neurociências para os cursos da saúde.

É uma iniciativa dos alunos do 3º período do curso de Fisioterapia do UNIPTAN, mas que prevê o ingresso de acadêmicos de outros cursos da área da saúde, como forma de desenvolver o ensino interprofissional na área de neurociências da saúde estimulando assim o desenvolvimento de projetos de pesquisa, ensino e extensão na área de neurociências.

O primeiro projeto da Liga que está em prática é um estudo sobre a doença de Parkinson. A doença vem acometendo a população mundial dia após dia e estima-se que em 2030 teremos 8 milhões de pessoas acometidas. O estudo está focado em como podemos trabalhar para evitar as quedas decorrentes da instabilidade postural, onde 65% dos acidentes causam traumas e 33% lesões graves. Um dos primeiros sintomas do Parkinson é a dificuldade da marcha e com isso trabalharemos para manter a qualidade de vida dos pacientes.

A doença de Parkinson é uma doença crônica e progressiva do sistema neurológico que acomete principalmente idosos e homens a partir de 41 anos. O Parkinson é causado pela morte de neurônios produtores de dopamina da substância negra. Os principais sintomas da doença são o tremor em repouso, mas nem todos pacientes o apresentam, porém os pacientes acometidos pela doença, podem desenvolver esse tremor em uma parte ou um lado do corpo, a rigidez muscular por sua vez afeta a maioria dos pacientes no qual os músculos se tornam tensos e contraídos. Outro sintoma é a bradicinesia, ou seja, a lentidão do movimento ou a ausência dele, onde ao longo da doença o paciente pode desenvolver uma postura inclinada e uma caminhada lenta e arrastada causando a instabilidade postural que é a deficiência do equilíbrio e coordenação, na qual o paciente acometido possui posição e cabeça inclinadas, e ombros caídos que podem resultar em quedas.

No momento a LANCS trabalha com três propostas de projetos:
1) Projeto de Extensão intitulado: Prevenção de quedas entre idosos institucionalizados no município de São João Del rei - em parceria com a UFSJ. 
2) Projeto de Pesquisa - Avaliação dos efeitos da plataforma vibratória para diminuição dos riscos de quedas entre idosos institucionalizados no município de São João del Rei.
3) Projeto de Ensino - Alterações neurológicas causadas pelo COVID-19-Estudo da Literatura.

Confira alguns depoimentos de alunos, professores e coordenadores da Liga sobre a importância de sua criação:

Profa. Laila Damázio, orientadora e idealizadora da LANCS e docente de Neuroanatomia do UNIPTAN :

"Eu sou fisioterapeuta e acho muito importante o estudo da neurociências, pois nessa área reabilitamos muitos pacientes com doenças neurológicas. Eu tenho especialização em Fisioterapia Neurológica e mestrado em Neurociências. Minha linha de pesquisa é reabilitação motora e neurológica. Percebo que o conhecimento aprofundado é essencial na área de saúde, pois a população vem envelhecendo mais e as doenças neurológicas como como: AVC, Alzheimer, Doença de Parkinson, demências em geral estão muito presentes nessa população".

Profa. Dra. Jasiara Carla de Oliveira Coelho, coordenadora do curso de Fisioterapia:

"A Liga Acadêmica de Neurociências na Saúde é uma iniciativa de alunos do curso de Fisioterapia do UNIPTAN, coordenados pela Profa. Laila e por mim, que tem por objetivo envolver os alunos em atividades que vão além da sala de aula. É uma ótima oportunidade para a comunidade acadêmica conhecer e se aprofundar em temas variados ligados a uma área que é tão diversificada e que propõe a interdisciplinaridade ao estudar um sistema complexo e tão importante que é o sistema nervoso. É uma forma dos alunos interagirem mais, buscar o autodidatismo, instigar o raciocínio, ter contato com a prática, proporcionar assistência à comunidade e gerar conhecimento. A princípio a Liga está composta por alunos do curso de Fisioterapia, mas é aberta à toda a comunidade acadêmica, proporcionando assim a multidisciplinaridade"

Adelaide do Carmo Magalhães de Andrade, presidente da LANCS:

"Em uma conversa em sala de aula com a Prof. Laila, surgiu a ideia sobre a Liga acadêmica. O curso de Fisioterapia ainda não tinha uma Liga criada pelos próprios alunos e ao ter contato com a Neuroanatomia tivemos um interesse muito grande em aprofundar os estudos nesta área. Nós vemos a liga como um meio de aprofundar nossos estudos e de enriquecer nossa formação. Através do ensino, pesquisa e extensão podemos contribuir de forma muito positiva com a sociedade."

Augusto Targino Silveira, vice presidente da LANCS:

"Sou aluno do 3º período de Fisioterapia do UNIPTAN e a participação da liga está sendo muito importante para minha formação, porque além de estudar uma matéria mais a fundo, no caso o Parkinson. Percebemos como está a evolução da doença no mundo e vemos também que somos extremamente importante na vida dos portadores da doença, pois estima-se que em 2030 serão mais de 8 milhões de pacientes acometidos pelo Parkinson no mundo  e nos damos conta de que a fisioterapia é de extrema importância para a vida desses pacientes, pois vem com o intuito de evitar as quedas e manter o bem estar do paciente. Isso acaba nos tocando muito e nos incentivando mais a correr atrás do nosso sonho de ser fisioterapeuta e ajudar esses pacientes."

Para saber mais sobre a Liga Acadêmica de Neurociências na Saúde (LANCS) Acesse o site


Fonte: