às 17:40:00

Alunas do curso de Odontologia do UNIPTAN são aprovadas na Liga Nacional de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial.

Cássia Apolinário Silva do 9º período e Ariele Morgado Ribeiro do 7º foram aprovadas na Liga.

Fotos: Emmanuel Pinheiro/UNIPTAN

Cássia Apolinário Silva e Ariele Morgado Ribeiro, alunas do curso de Odontologia do UNIPTAN foram aprovadas na prova da Liga Nacional de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial,  que pertence a tradicional Sociedade Brasileira de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial, a SOBRACIB.  As alunas do 9º e 7º períodos respectivamente tem motivos de sobra para comemorar a aprovação.

Cássia Apolinário Silva é estudante do 9° período de Odontologia do UNIPTAN. É técnica de Enfermagem, atuante na UPA a 6 anos e mesmo com toda essa rotina intensa, conciliando trabalho noturno e estudo diurno, desde o início do curso, sempre se esforçou em todas disciplinas do curso, principalmente em cirurgia, disciplina em que foi monitora no 1º semestre de 2020, sob supervisão dos professores Michel Abrão, Gustavo Teixeira e Marcel Abrão.

Para Cássia, ser aprovada na tradicional prova é motivo de muito alegria. "Essa aprovação representa pra mim uma oportunidade de aprimorar meus conhecimentos para meu crescimento acadêmico e profissional, pois pretendo seguir carreira nessa área e é uma alegria inenarrável poder fazer parte disso ainda na graduação", afirma.

Ainda segunda Cássia, ela se sentia preparada para a prova, fruto de muita dedicação e esforço, aliado à formação qualificada obtida  no curso de odontologia do UNIPTAN. "Particularmente, não senti muita dificuldade, estava tranquila e sabia a resposta da maioria das questões e fiquei extremamente feliz com minha aprovação, pois isso contribui para a afirmação de que estou no caminho certo, colhendo frutos do meu esforço através de uma das melhores formações acadêmicas do país", conclui.

Cássia ficou sabendo do processo seletivo através das redes sociais da Liga Nacional. "Soube do processo seletivo da Liga Nacional pela rede social Instagram no final de 2020, me inscrevi e dediquei meu tempo estudando para a prova de acordo com o edital, com materiais que eu mesma tinha em casa, de apostilas, resumos e livros que acumulei todo esse tempo de faculdade, em que sempre tive um ensino de qualidade ministrado por professores incríveis do UNIPTAN. Agradeço a todos professores pela dedicação incansável em nosso curso e em especial ao professores  Breno Chêrfen Peixoto, minha referência nas disciplinas de Estomatologia e Patologia, Michel Abrão e GustavoTeixeira, nas disciplinas de  Anatomia e Cirurgia. 

Ariele Morgado é aluna do 7º período e chegou a trancar a graduação no início do curso, no 3º período, porém retornou a faculdade com o objetivo de realizar os seus sonhos dentro da odontologia. Ariele se preparou, participou de eventos, congressos, seminários e por fim acabou sendo aprovada na Liga. "Tive trancar a faculdade quando eu estava no 3º período, e por um momento, eu quase não voltei. Retornei  e passei a me informar melhor sobre tudo o que acontece no universo odontológico no Brasil. Em umas dessas buscas, conheci a Liga Nacional de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial da SOBRACIBU ( Sociedade Brasileira de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial) e decidi que um dia faria parte da sociedade e da liga. Sempre que possível, eu lia alguns artigos sobre os temas que eu ainda não conhecia, já pensando no edital de seleção. Aproximando-se do período de prova, eu virei muitas noites sem dormir estudando os temas principais. Fiz a inscrição e aguardei a data da prova".

Para Ariele ser aprovada na Liga é um sentimento muito especial. " Acredito que estar entre os sócios da SOBRACIBU e entre os membros da Liga Nacional é uma honra muito grande e farei de tudo para que eu contribua com o crescimento da Liga e da Sociedade, assim como eles também, contribuirão para o meu crescimento".

As alunas Cassia Apolinário Silva e Ariele Morgado Ribeiro foram aprovadas na Liga Nacional de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial  

                                                     

A Sociedade Brasileira de Cirurgia e Traumatologia Buco Maxilo Facial completou 66 anos de existência em 2018 com membros em atividade plena em todo território nacional.

A Liga Nacional de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial é voltada para acadêmicos, residentes e profissionais não especialistas de todo Brasil e tem como objetivo, de criar oportunidades, incentivar e valorizar a especialidade, promovendo conferências, mesas redondas e encontros com renomados profissionais da área de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial de todas regiões do país.

A prova foi aplicada no final de janeiro, através de uma plataforma online, com projeções das questões em tempos variados, entre 20 a 60 segundos, dependendo do grau de complexidade.

O processo consistia em duas etapas diferentes, entrevista e análise de boletim de acadêmicos do 1° ao 5° período e uma prova para acadêmicos a partir do 6° período, residentes e profissionais não especialistas. Segundo informações dadas pela Liga, foram realizadas mais de 700 inscrições para esse processo.

Para o coordenador do curso de Odontologia do UNIPTAN, Michel Abrão, a aprovação é uma excelente oportunidade para o futuro profissional das alunas e é motivo de muito orgulho." Sem dúvida é excelente oportunidade de integração entre alunos de diversas universidades do país. O envolvimento em atividades extracurriculares contribui para um crescimento pessoal e profissional do aluno, representando um amadurecimento importante na sua trajetória acadêmica. Tivemos duas alunas aprovadas entre milhares de estudantes de Odontologia do Brasil, nosso sentimento é de orgulho pela dedicação e comprometimento delas com o ensino. O resultado foi recebido com muita alegria por parte de toda a nossa comunidade acadêmica. Os alunos do curso de Odontologia do UNIPTAN estão obtendo posições de destaque frequentemente, o que enaltece o trabalho competente e responsável de toda a nossa equipe ao longo do curso", afirma.

Saiba mais sobre a Sociedade Brasileira e Cirurgia e Traumatologia Buco Maxilo Facial AQUI


Fonte: