às 09:30:00

UNIPTAN e Esquinão promovem Campanha do Agasalho com instituições parceiras.

A pandemia do novo Coronavírus deflagrada em 2020, agravou uma ferida antiga no país: a desigualdade social.
Dados recentes do Centro de Políticas Sociais da Fundação Getúlio Vargas (FGV), baseados em pesquisas do próprio IBGE, mostraram que 12,8% da nossa população ficou abaixo da linha de pobreza extrema, isto é, precisam sobreviver e sustentar a família com apenas R$ 246 por mês. Este contingente, ainda conforme a FGV, é equivalente a mais de 27 milhões de pessoas consideradas muito pobres, e fez o país superar a marca alcançada em 2011, quando esse total equivalia a 12,4%.

Essa realidade impacta na economia de um modo geral e mais especificamente em alguns aspectos de nossas rotinas, como alimentação e vestuário.
Desde o início do inverno, especialistas alertam para ondas de frio históricas em todo o país. Diante desse cenário e o Uniptan se une à vários parceiros para promover a Campanha do Agasalho 2021.

Poderão ser doados além de cobertores e agasalhos, alimentos não perecíveis, que serão encaminhadas para três entidades da cidade: a Sociedade São Vicente de Paulo, o Centro Espírita Caminho da Paz e a Igreja Metodista.

Os pontos de coleta são:

*Caminho da paz*: Rua Paulo Freitas, n° 317, Fábricas. (Segundas-feiras de 18:30h às 21hs).
*Igreja Metodista*: Rua Alvacir de Andrade, n°26, Bom Pastor.
*Supermercados Esquinão*: todas as unidades.
*Agropet Chão Nosso*: Rua Antônio Rocha, n°79, Centro.
*Bob's*: Praça Frei Orlando, n° 42, Centro.
*Donna Perfumaria & Cosméticos*: Avenida Josué de Queiroz, n°309, Matosinhos.
*Duda Braga*: Rua12 n° 350a (na esquina), Rosa Mística, Sta Cruz de Minas.
*João Paulo lanches*: Rua Expedicionário Antônio Coelho da Silveira, n°174, Vila Santa Terezinha.
*Nonno Montego*: Rua Carlos Alves, n° 21, Matosinhos.
*Ótica Boa Vista*: Avenida Presidente Tancredo Neves, n° 323, Centro.
*Vidraçaria Silva*: Rua das Violetas, n° 398, Pio XII.
*UNIPTAN*: Avenida Dr. José Caetano de Carvalho, s/n, Centro.


Fonte: