às 10:00:00

Por que a psicologia é tão importante?

A resposta é: porque é a ciência responsável pelo estudo do comportamento das pessoas, individual e coletivo, e, sobretudo, por sua amplitude do campo de aplicação, por isso, a Psicologia vem ocupando um espaço de destaque na sociedade.
A psicologia é uma ciência que teve grandes avanços para fornecer compreensão das relações humanas baseadas em metodologias que abrangem campos como clínicos, sociais, trabalhistas e educacionais, propondo em cada área soluções baseadas no desenvolvimento e bem-estar do ser humano.

As diferentes situações que podem afetar emocional de uma pessoa, seja por traumas, problemas cotidianos, ou a vontade de melhorar a vida, faz com que o psicólogo seja importante na vida das pessoas que o buscam.

Para muitos é difícil confiar a alguém seus sentimentos e questões particulares. Os psicólogos são profissionais com uma escuta qualificada, construída por anos de estudo, preparados para analisar e apresentar alternativas.

No ano de 1962, João Goulart, o Presidente da República na época, sancionou a Lei 4.119, que tornou a psicologia, de direito, uma profissão. Isso ocorreu após a mobilização e determinação de diversos profissionais da área na época, tornando o dia 27 de agosto, o Dia do Psicólogo, no Brasil.

A importância da psicologia tem sido demonstrada no decorrer do tempo, por exemplo, nos esportes, onde uma boa preparação emocional é tão importante quanto à preparação física.

A psicologia evolui cada vez mais com o passar do tempo conforme as necessidades e demandas da sociedade, adaptando seu objeto de estudo em detrimento às constantes mudanças e o aparecimento de novos paradigmas.

Está gostando da leitura? Conheça mais em detalhes a importância da Psicologia!

A Psicologia trabalha com várias áreas de atuação

A psicologia , dentre outras, está dedicada a compreender processos como percepção, memória, raciocínio, que influenciam qualquer tipo de comportamento humano, o que no campo dessa ciência é discriminado como “psicologia básica”, por isso é muito ampla.

A área mais conhecida da psicologia é a clínica, que visa ajudar a resolver questões emocionais e comportamento para melhorar a qualidade de vida das pessoas.

A psicologia social e a comunitária, tem objetivos semelhantes aos da clínica, mas sua abordagem é macro e trabalha com grandes populações.

Outras áreas de atuação:

Psicologia educacional: atua com as questões relacionadas à aprendizagem e de desenvolvimento em instituições de ensino;
Psicologia das organizações: aplica teorias desenvolvidas por psicologia social especificamente para profissionais e organizações;
Psicologia forense: concentra-se na avaliação psicológica como suporte para processos judiciais;
Psicologia esportiva: visa melhorar o desempenho atlético.
Todas as pessoas são diferentes, e todas possuem desafios distintos, mas é certo que em algumas fases, ou com algumas situações, pode repetir a forma na qual as pessoas costumam reagir.

Por exemplo, têm áreas da Psicologia que trabalham com crianças especificamente, e, muitas vezes, o foco de trabalho é com as que sofrem pela separação dos pais.

Também não é necessário só focar em problemas ou traumas, às vezes, se trata de melhorar a qualidade de vida da pessoa, buscar o autoconhecimento, melhorar a comunicação com o próximo, déficit de atenção e outras condições tratáveis.

Psicologia ajuda na resolução de problemas

Os profissionais de Psicologia recebem uma formação completa em diferentes situações para poder ajudar as pessoas na resolução de problemas, que é o motivo pelo qual buscam esse profissional.

O psicólogo fará um estudo minucioso sobre a questão emocional, de comportamento, de sofrimento, entre outros que eventualmente podem aparecer, procurando que a pessoa consiga acessar seus conteúdos internos de maneira a trabalhar em conjunto e assim poder alcançar o objetivo do bem-estar psicológico ou habilidades emocionais requeridas.


Fonte: